Quando o amor é grande demais torna-se inútil: já não é mais aplicável, e nem a pessoa amada tem a capacidade de receber tanto. Fico perplexa como uma criança ao notar que mesmo no amor tem-se que ter bom senso e senso de medida. Ah, a vida dos sentimentos é extremamente burguesa”.

Clarice Lispector in Aprendendo a Viver .

Sobre Paolla Saraiva

"Encontrar a liberdade onde menos se espera... No fundo do tinteiro... Na ponta de uma pena" (Marquês de Sade) Ver todos os artigos de Paolla Saraiva

2 respostas para “

  • ilnagela

    “Imagino por que o amor é tantas vezes igualado à alegria quando, de fato, ele é todo o resto também: desgosto, bálsamo, obsessão, satisfação, o dar e receber, valor excessivo e perdê-lo de novo. ” A verdadeira face do amor so descobre quem se jogou!! rsrs

  • ilnagela

    As vezes temos a plena certeza que o amor eo caminho para ser feliz mais o verdadeiro vencedor esquece que está numa corrida, apenas a ama correr.O amor é uma flor delicada, mas é preciso ter a coragem de ir colhê-la à beira de um precipício. Então devemos deixar tudo na mão do mestre tempo pois só o tempo faz tudo valer a pena. E nem o erro é desperdício.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: