Sutileza

Na sutileza dos meus atos estou mostrando e demonstrando o meu eu que te ama. É um querer envergonhado, desajeitado, mas um querer de querer muito. Não sei ao certo se é a melhor maneira, essa de deixar tudo exposto nas entrelinhas. O que faço, penso, a maneira de agir. Transformei todo esse amor numa espécie de tesouro a ser descoberto, só que ainda não te dei o mapa. Realmente, nem sei mesmo o que fazer. Esta logo ali, o caminho é o dos mais fáceis, mas eu tenho vergonha de te mostrar, de me mostrar. É só por tanto te querer, de tanto amar você.

Anúncios

Sobre Paolla Saraiva

"Encontrar a liberdade onde menos se espera... No fundo do tinteiro... Na ponta de uma pena" (Marquês de Sade) Ver todos os artigos de Paolla Saraiva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: